Facebook

Assuntos da Terra e do Céu

17 dez 168 ATAQUES CONTRA CRISTÃOS EM 300 DIAS DO GOVERNO DE MODI, NA ÍNDIA

“Sempre devemos, irmãos, dar graças a Deus por vós, como é de razão, porque a vossa fé cresce muitíssimo, e o amor de cada um de vós aumenta de uns para com os outros, de maneira que nós mesmos nos gloriamos de vós nas igrejas de Deus, por causa da vossa paciência e fé, e em todas as vossas perseguições e aflições que suportais”.

 

Este poderia ser o trecho de um e-mail enviado por cristãos de alguma parte do mundo a seus irmãos na Índia, mas foi escrito pelo apóstolo Paulo aos cristãos de Tessalônica, Grécia, por volta do ano 51 da era Cristã. A Igreja de Cristo sempre esteve sob ataque e perseguição em todas as épocas, em alguma parte do mundo.

Houve, é verdade, um tempo vergonhoso em que os cristãos usaram a força bruta aliada a interesses econômicos e políticos para efetuar as Cruzadas e as expedições de conquista. Cometeram atrocidades em “nome da Cruz de Cristo”, estando claramente fora da direção do Espírito Santo e das Escrituras.

Atualmente, na Índia (o segundo país mais populoso do mundo), atrocidades têm sido cometidas contra cristãos e muçulmanos. No dia 5 de abril passado, durante um culto de páscoa, radicais hindus penduraram bandeiras “saffron” (bandeira oficial do hinduísmo) em igreja localizada no estado de Telangana, mandaram o pastor parar o culto e o obrigaram a ir até o templo Hindu com eles, onde foi espancado e ofendido verbalmente por sua fé. Mais tarde a polícia o resgatou e permitiu que ele retornasse ao culto de celebração da Páscoa. (www.portasabertas.org.br)

No Iraque, a ONU acusa o Estado Islâmico de atacar cristãos, promovendo uma limpeza étnica e religiosa. “Eles atacam homens, mulheres e crianças com base em sua filiação étnica e religiosa”, alertou a Alta Comissária da ONU para Direitos Humanos, Navi Pillay. “Tais perseguições seriam crime contra a humanidade”.

No tempo do início da pregação do Evangelho de Cristo, os cristãos eram perseguidos pelos romanos e até mesmo pelos judeus: “E a palavra do Senhor se divulgava por toda aquela província. Mas os judeus incitaram algumas mulheres religiosas e honestas, e os principais da cidade, e levantaram perseguição contra Paulo e Barnabé, e os lançaram fora dos seus limites. Sacudindo, porém, contra eles o pó dos pés, partiram para Icônio. E os discípulos estavam cheios de alegria e do Espírito Santo.” (Atos 13.49 a 52).

Perseguição por motivos religiosos é um “assunto da terra e do céu”!

Jesus nos ensinou que Deus é amor, nossa mensagem e nossas atitudes devem expressar amor, compaixão e misericórdia para com todos, sempre!

 

“Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me; porque aquele que quiser salvar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á. Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?” (Mt 16.24 a 26)

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.